A banda Life To Live foi formada em 2003, em Guarulhos-SP, pelos amigos Leonardo (vocal) e Rafael (guitarrista). A idéia, desde o início, ...

Life To Live - Conte Até 3 [Single]

A banda Life To Live foi formada em 2003, em Guarulhos-SP, pelos amigos Leonardo (vocal) e Rafael (guitarrista). A idéia, desde o início, foi a de uma banda de hardcore. Eles trilharam alguns caminhos musicais (troca de integrantes e mudanças no som) até finalmente se firmarem no chamado post-hardcore.
A definição do som da banda, hoje, é post-hardcore com momentos mais complexos/quebrados, nas palavras da banda: “Rótulos são bem vindos, mas somos o que vocês ouvem, não simplesmente post-hardcore ou screamo”. Musicalmente, entretanto, a Life To Live não encherga sua caminhada como finalizada, espera sempre buscar novas influências ao invés de repetir estradas já traçadas.
Apresentações altamente enérgicas, literalmente corridas e completamente barulhentas, são marca do grupo que alia temáticas devocionais às experiências vividas no cotidiano. Um toque de suavidade e desespero agregados a uma conduta de vida cristã. No final de 2005 lançaram o EP “O Luto e a Segunda Casa”, com quatro músicas. No show de lançamento todas as 50 cópias foram vendidas e, desde então, a banda acumula bons resultados de vendas. Inúmeros shows pelas cidades da Grande São Paulo chamaram a atenção, e em 2006 a Life To Live assina com o Pride & Conviction. Na qual gravou o primeiro álbum da banda “Não Transforme Tudo em Caos”, lançado em 2008 com influências de Underoath, Norma Jean e As Cities Burn.

Fonte:Last.fm

Life To Live é:
Léo#
Voz
Glauco#bateria
Binho#guitarra/vocal
Alex#
baixo/vocal
Rafinha#
guitarra
Felipinho#
Teclado/Synth

Artista: Life To Live
Genero: Post-Harcore / Screamo
Website: Orkut / Twitter / Fotolog / Myspace / Terra Letras
Servidor: Megaupload

Download Conte Até 3#Single

Josemar dos Santos

Jesus Christ, my Lord, my savior, Carioca, Graphic Design / Web, Coffee, Idiot. Post-Hardcore, Deathcore, Metalcore is my sound.

http://josemardossantos.com

0 comentários: